Tudo o que você precisa saber sobre o Seguro Prestamista

O seguro Prestamista é uma proteção financeira para contratos de crédito. Entenda como esse seguro funciona, quais são as coberturas e quem pode contratar.

No Brasil, o seguro Prestamista teve grande procura nos anos 1970 e 1980, na fase áurea dos consórcios de veículos. Depois foi incorporado aos financiamentos imobiliários, só que em um ramo diferente, o Habitacional. O grande destaque para o seguro Prestamista, contudo, ocorreu na fase posterior ao Plano Real (de 1994 em diante), impulsionado pelos financiamentos de veículos e, mais recentemente, pela explosão do crédito consignado.

Ante a sua boa aceitação e demanda crescente, o seguro prestamista apresenta diversificações de uso, atendendo às exigências de cobertura para operações de crédito em financiamento para aquisição de bens ou serviços, crédito pessoal ou consignado, crédito agrícola, crédito educacional, parcelamento de cartões de crédito, entre outros.

Hoje no Brasil existe uma necessidade de maior difusão de informações sobre este seguro, pois comumente o segurado só fica sabendo que tem um seguro Prestamista de sua dívida ao receber a cobrança. A GEO - <meta charset="utf-8">empresa de tecnologia pioneira na gestão e comercialização totalmente online de seguros - entende que é seu papel fornecer apenas o que há de mais avançado quando o assunto é tecnologia para seguros, mas também o seu conhecimento sobre seguros de crédito adquirido em mais de 18 anos de mercado.

 

O que você verá a seguir

1. O que é o seguro Prestamista?
2. Quando contratar o seguro Prestamista?
3. Quem o seguro prestamista está protegendo?
4. Quem pode contratar o seguro Prestamista?
5. Por quanto o seguro Prestamista fica vigente?
6. Como funciona o seguro Prestamista no portal GEO?
7. Resumo

 

1. O que é o seguro Prestamista?

O seguro Prestamista tem por objetivo garantir a quitação ou amortização do saldo devedor, até o limite do respectivo Capital Segurado, oriundo de crédito e/ou aquisições contratadas junto ao Estipulante ou Subestipulante.

A indenização poderá ser decorrente de morte ou invalidez permanente total por acidente, a qual será utilizada pelo beneficiário para antecipação da liquidação do saldo devedor em nome do segurado.

As operações de crédito cobertas no seguro prestamista podem envolver financiamento para aquisição de bens móveis, como veículos, máquinas e equipamentos agrícolas, eletrodomésticos, consórcios, crédito consignado, parcelamento de cartões de crédito, entre outros.

Para as empresas credoras, o seguro tem a vantagem de auxiliar a reduzir a inadimplência, e para os devedores que se configuram como segurados, uma garantia de tranquilidade para o segurado e sua família.

2. Quando contratar o seguro Prestamista?

O seguro Prestamista deve ser contratado no ato da tomada de crédito, devendo permanecer vigente por todo o prazo da dívida, até a sua liquidação.

3. Quem o seguro Prestamista está protegendo?

O seguro Prestamista protege o financiador do contrato de crédito para aquisição de bens e/ou serviços (Credor) e também o tomador desse crédito (Devedor) e sua família. Isso se aplica nos casos previstos de morte ou invalidez de pessoa física ou jurídica que assine o contrato da dívida. Essa pessoa irá configurar na operação como Devedor. O Credor será o beneficiário da apólice contratada. O tomador de crédito e sua família são protegidos, ao ter a segurança de que, na falta do devedor, a dívida será quitada, não recaindo sobre a família.

O seguro prestamista pode ser comparado a uma proteção social para quem não tem patrimônio, porque evita o endividamento em momentos de incapacidade definitiva ou morte.

4. Quem pode contratar o seguro Prestamista?

Hoje, no Brasil, não existe apólice individual desse seguro. Ou seja, pessoas físicas não podem contratá-lo como fazem com a apólice de seguro de um automóvel, por exemplo.

Quem pode contratar este seguro é a empresa que oferece o crédito. Fica a cargo dela oferecer o seguro ao consumidor que está tomando crédito. As empresas que oferecem crédito, Instituições Financeiras, podem ser, Bancos, Fundos Imobiliários, Administradoras de Consórcios, Cooperativas de Crédito, Correspondentes Bancários, entre outros.O seguro prestamista disponível no portal GEO atende a todas essas empresas, sem restrições.

Nesse seguro, a empresa credora é denominada Estipulante, e recebe a amortização ou indenização em caso de morte do devedor, o qual denominado Segurado.

A indenização, no seguro Prestamista, poderá ser decorrente de morte ou invalidez permanente total por acidente. 

5. Por quanto tempo o seguro Prestamista fica vigente?

O seguro Prestamista pode ser contratado por prazos diferentes de um ano, de acordo com o prazo da dívida. Deferentemente da prática tradicional do mercado, pelo portal GEO são flexibilizados tanto o prazo da apólice, quanto o pagamento do seguro, que será mensal e sem juros, enquanto perdurar a dívida.

6. Conheça o seguro Prestamista disponível no portal GEO

O seguro Prestamista disponível no portal é garantido pela seguradora MetLife. Você pode ver quanto custa este seguro em nosso simulador e contratá-lo em tempo real, bem como consultar as suas condições gerais e especiais.

Se você trabalhar em uma Instituição Financeira e quiser saber mais sobre as coberturas e os diferenciais que o portal GEO oferece para a sua empresa, clique aqui e agende uma reunião com a nossa equipe. Você também pode contratar essa garantia clicando aqui.

7. Resumo

Imagem contendo o texto a seguir: o que é o seguro prestamista? O seguro prestamista é uma proteção financeira para contratos de crédito. Esse seguro tem por objetivo garantir a quitação ou amortização de uma dívida.

-

Quem pode contratar o seguro prestamista? Quem pode contratar este seguro é a empresa que oferece o crédito (Instituição Financeira). Fica a cargo dela oferecer o seguro ao consumidor que está tomando crédito. O seguro Prestamista tem por objetivo garantir a quitação ou amortização de uma dívida. Hoje, no Brasil, não existe apólice individual deste seguro. Ou seja, pessoas físicas não podem contratá-lo como fazem com a apólice de seguro de um automóvel, por exemplo.

-